Una-se, em vibrações, pela harmonia e saúde planetárias!

Neste domingo, dia 08 de janeiro, às 19 horas (hora exata e oficial de Brasília), una-se à Rede Zenitude, em vibrações positivas pelo Planeta e por todos os seus habitantes vivos – pessoas, plantas e animais. Pense em um mundo sem injustiças ou desigualdades, pense em perdão e harmonia. Pense em saúde integral. Visualize o planeta em paz e amor, sendo envolvido por energias benéficas com cores vibrantes, tais como o branco, o dourado e o violeta. Pense no planeta sendo inundado por uma chuva suave de bênçãos que ajude os seres humanos a serem purificados dos seus vícios e infortúnios. Pense em nações unidas e trabalhando pelo bem comum. E, acima de tudo, agradeçam, pelas conquistas individuais e coletivas já alcançadas, pelo milagre da vida e pela oportunidade de estarmos, juntos, nesse momento de transformações planetárias.
Assim como você, outras pessoas estarão unidas, em um elo de positividade, esperança e fé.

Judeus e muçulmanos promovem ações sociais conjuntas em 26 países

Milhares de judeus e muçulmanos, em 26 países da América do Norte, Europa, Oriente Médio e África, participaram do “IV Fim de Semana de Congraçamento”, promovido pela Fundação para o Entendimento Étnico (Foundation for Ethnic Understanding-FFEU) em conjunto com o World Jewish Congress (WJC) e a Sociedade Islâmica da América do Norte. Através deste projeto, criado em 2008, centenas de sinagogas, mesquitas e centros culturais promovem ações sociais conjuntas. “Almejamos construir um movimento global de muçulmanos e judeus comprometidos com comunicação, reconciliação, cooperação e entendimento. Essa histórica efusividade entre eles ao redor do mundo demonstra que não só compartilhamos da mesma fé, mas também de um mesmo destino”, explica o rabino Marc Schneier, fundador e presidente da FFEU e vice-presidente do WJC. Em fevereiro de 2012, ocorrerá na Europa o segundo encontro do Comitê de Coordenação da União entre Líderes Europeus Judeus e Muçulmanos. Em março, a FFEU receberá, em Washington, a primeira Missão Latino-Americana de Líderes Muçulmanos e Judeus.

Juntos
Estudantes muçulmanos e judeus norte-americanos da
Universidade Rutgers (New Jersey/EUA) se uniram a membros
da comunidade da mesquita Muslim Foundation para preparar
500 refeições para pessoas sem teto e com fome. O evento,
intitulado de “Povos de Abraão Unidos Contra a Fome”, foi uma
das 125 ações conjuntas realizadas em 26 países, no “IV Fim
de Semana de Congraçamento”. Na foto, Brian Thompson,
Alina Razak e Zafar Jamil preparam refeição para pessoas carentes
(Fonte: Conib).

Sintonização especial: entrando na frequência do verdadeiro Natal!

Abrace JesusNo Natal, as casas se enfeitam de luzes, as fachadas ficam coloridas, as ruas movimentadas. Mas, em meio ao corre-corre, é comum que nos esqueçamos que esta é, sim, uma celebração por um aniversário! A celebração pelo nascimento de um ser especial, que representa o expoente máximo de luz, cor e vida: Jesus Cristo!

É bom que não percamos esse foco, jamais. Se não, corremos o risco de nos tornarmos apenas peças de uma estratégia bem construída de marketing e vazio não-relevante de propósitos. Celebremos, com nossos familiares, os ensinamentos d’Aquele que nos conduziu aos melhores exemplos de paz e harmonia familiares. Celebremos a vinda do ilustre e iluminado Mestre, em volta de uma mesa de alegrias, esperanças e amor.

No primeiro sábado do mês natalino, convidamos a todos para iniciarem conosco um processo de sintonia com a verdadeira frequencia do Natal. Neste sábado, dia 03/11, às 21:30 horas (hora local e exata de Brasília), quando a nossa Rede celebrará também o seu aniversário de dois anos, uniremo-nos a todos os amigos planetários e cósmicos, em um abraço de luz.

Pedimos que mentalizem esse grande abraço, envolvendo todos os demais dias do mês de dezembro, levando às pessoas a consciência necessária para construir um Natal verdadeiro, repleto de bênçãos. Pensem nos enfermos, que já estão se preparando para passar o Natal em um leito hospitalar ou acamados em casa. Pensem naqueles que estão privados de liberdade. Pensem nas crianças sem famílias e que dependerão da solidariedade de outros para um mínimo de alegria. Pensem nas almas que esperam com ansiedade a opção de seus pais pela paternidade. Pensem nos que já partiram e, sem apego, mentalizem uma nova presença, cujas barreiras geográficas jamais serão capazes de separar. Pensem naqueles a quem você deve um perdão ou uma palavra carinhosa e amiga. Pensem em todos, juntos, como em uma festiva e poderosa festa de aniversário, de mãos dadas, fortalecidos pela chama que nos vem do Divino Pai.

E, ainda e acima de tudo, pense em você abraçando, com toda gratidão, o aniversariante! Fique à vontade! Com certeza, ele vai gostar e irá lhe devolver, em bênçãos, a energia desse abraço!

Seremos UM, porque somos parte dessa chama! E, se você ler essa mensagem depois das 21:30 horas do sábado, dia 03/12, não importa. Apenas, “conecte-se”. Toda a energia emanada estará pairando, ainda, por muito tempo, vencendo o tempo e a distância.

LUZ!

Como você se sentiu, ao ler, no título dessa mensagem, a palavra de três letras?

LUZ!!!

Consegue perceber que, mesmo que você não tenha nenhum grau de conhecimento espiritual, mesmo que não tenha nenhum vínculo a qualquer religião, mesmo que não seja uma pessoa com qualquer prática meditativa, a simples leitura da palavra provocou em seu cérebro uma imediata conexão? De forma automática, sinapses e campos magnéticos se articulam, para que você forme uma imagem mental de LUZ, e não o contrário. Seu cérebro envia, em milionésimas partes de segundo, uma informação precisa, que faz com que você até mesmo visualize a luz – seja qual for o conceito que você tenha adquirido sobre ela, ao longo de sua vida. Por uma fração ínfima de tempo, mesmo que você não continue lendo esta mensagem, você SE TORNA LUZ, receptivo ao campo vibracional que ela proporciona. Em nenhum momento, sua mente e seu soma conectaram-se com o lado oposto.

Por ingenuidade, as boas almas creem ser possível estabelecer “momentos” em que as boas conexões são realizadas. Para elas, haveria um momento específico e especial, onde realizariam a conexão com o lado positivo das energias e dos campos vibracionais. Estabelecem, assim, rotinas de práticas meditativas. Caminham aos seus templos em estado sincero e desejoso de transformação e sublime elevação. Transformam, por alguns minutos ou horas, o seu lar em espaço onde se permitem ouvir as inspirações angelicais e ler a imperiosa lei-máter.

Eis o equívoco das almas bem-intencionadas, no propósito da transfomação. Aceleradamente, a nave Terra encaminha-se para uma dimensão onde a potência de todos os campos estão sofrendo ampliação em sua amplitude. Não é necessário reiterar que tudo o que aqui pulsa e também aquilo que os olhos humanos não veem pulsar é energia latente ou manifesta. Como energias, elas interagem, de forma natural, espontânea, como uma teia articulada. Você não apenas PENSA em luz, ao ler a palavra, mas você conecta o seu campo – nada de esoterismos, aqui; apenas uma óbvia constatação, se você tem a sabedoria proporcionada pelo conhecimento, hoje tão disponível e difundido. Conectado, por uma ínfima porção de tempo que seja, você passa a também SER luz.

Assim, torna-se fácil compreender porque, ao pensar em um ente querido, a quilômetros de distância, você efetivamente sente um pouco da sua presença. Torna-se compreensível que, ao ver uma bela paisagem pelos modernos aparelhos de transmissão de imagem, você sente, por um instante, a vontade e o anseio de, fisicamente, estar ali. Não há mágica. Você, de fato, por um instante, transpôs a barreira que julga existir entre você e aquele lugar. O que ocorre é que, por ingenuidade – bondosa, até – esquece-se que a mesma matéria energética que torna possível a existência daquele local exuberante e belo está presente em suas células, em suas emoções, em seu campo magnético.

Torna-se fácil, então, entender que para a “conexão”, não há limites geográficos, de tempo. Mesmo a noção de tempo, com a qual as singelas criaturas hoje viventes lidam, assume aspectos com os quais ainda não é possível demarcar. Se você se “conecta” com um acontecimento do seu passado ou se você informa ao seu campo magnético cerebral que deseja algo em seu futuro, você acaba de modificar, por segundos, o espectro formal energético em torno de você. Se você sente saudades de um ente que já se foi, eis que aquela energia – boa ou não-boa dos instantes vividos estará ali, em conexão imediata e automática. Estabelece-se, assim, uma poderosa não-demarcação até mesmo entre essa vida e uma que já se encerrou – tempo e um não-tempo unem-se, em uma vibração dinâmica e efetiva.

Experimente isso com qualquer outra palavra: azul, vermelho, flores. Perceberás que todas trarão a manifestação vibracional energética para perto – ou dentro, ou acima, ou ao lado, isso não importa, já que estarão EM VOCÊM, tornando você como parte efetiva dela. Mas, por favor, não faça agora esse exercício com palavras, imagens ou pensamentos desimpregnados da poderosa palavra inicial: LUZ!

Essa mensagem que você lê, nesse momento, utiliza para a sua “conexão”, os seus olhos físicos, mas também todo o arsenal de estruturas que compõem o seu ser. Estruturas não apenas físicas, mas mais ainda mentais, emocionais, espirituais e fluidicas. E, também, todo o arsenal de vibrações que foram necessários para a produção dessa mensagem. Com foco em LUZ, ela chegou até você. Não faça, de forma alguma, nesse momento, o exercício contrário de inferir se a palavra viesse de outro reino e instância.

Mas reflita, então, sobre esse instrumento em que você faz a leitura dessa mensagem. Sim! Se você efetuou uma “conexão” com a essência do que aqui se fala, deve imaginar que não há instrumento desprovido de parcialidade. Ou seja, por trás das telas do seu maquinário, em cada componente que possibilita a conexão, há, sim, intencionalidades transportantes – e transbordantes. A mensagem, em si, é apenas a parte visível daquilo com o qual você se conectou – nesse caso, LUZ…

Quando, ao ligar os seus aparelhos, você se conecta com uma pretensa virtualidade, pense nisso. Imagens, palavras, em interação com a sua essência estão em franco acontecimento. Não existe virtualidade, sob o prisma dos campos que interagem – hoje, a ciência humana, tão limitada, sabe que um quantum energético pode deslocar-se em velocidades antes desconhecidas pelo campo físico. Não existe uma dissociação entre o campo de você que ora lê e o que você denomina, até mesmo de forma bondosa, ingênua ou autoprotetora, como “distantes”. Eis: você, ao conectar-se, com seus olhos, está UNO COM! Com um certo grau de atenção sobre si mesmo, desprovida de defesas justificatórias, você poderá perceber sutis ou evidentes transformações em seu complexo conjunto somático: respiração, pulsação, sentimentos, ansiedades…

Pense que, como portador de um campo vibracional, ao “conectar-se”, em qualquer momento do seu dia, você está realizando um  ajuste de frequência imediato. E, então, sem nenhuma orientação dogmática ou moralista, é preciso que saiba que está correndo o risco de seu rádio humano e espiritual passar a buscar a música dos campos opostos da “LUZ”. Não há, aqui, nenhuma imposição de castigos. Apenas, reitera-se, a natural empatia vibracional. As antenas imperceptíveis se conectam, então, com o que está acima, abaixo, ao lado, dentro. UNIDADE! Se é natural para a LUZ, porque não será para os demais campos?

Assim, ao tocar os seus dedos sobre cada uma dessas teclas, ao dirigir os seus olhos para essa tela – cujos propósitos de criação evidentemente foram para o progresso e a elevação, já que objetivam a conexão entre almas –, pense nisso. Nunca se esqueça de que aos que mais já foi dado em matéria de conhecimento, mais será proporcionada a oportunidade do exercício da prática desse conhecimento.

Não há ingenuidade do lado onde está a ausência da LUZ. Não há invigilância daquele lado. Eis aí o maior desafio de quem já fez a escolha. De quem está ajudando a conduzir a grande nave para a sua jornada escolhida pelos comandantes – vocês! Manter a firmeza. Aos que demonstrarem serem incapazes da condução, não por castigo, apenas por adequação, novas naves servirão de abrigo, em um tempo bem breve. Não há tempo para indecisões. Expressões como “não sou capaz”, “não consigo”, “sou fraco” estabelecem também conexões. Pense o contrário. Pense sempre “Tenho o poder da FONTE, pois SOU PARTE DELA”. Pense “AGORA, e em todo e qualquer lugar: “sou expressão dessa mesma origem da paisagem bondosa e da LUZ”. Experimente fazer isso, na primeira vez que perceber que conecta-se com o não desejável ou o que SABE que não é a luz em você. Uma vez, e outra, e outra. Insista! Pode até ser que sua tentativa seja infrutífera na primeira, na segunda, na terceira… Mas perceberá que seus momentos de conexão com a FONTE estarão cada mais solidificados. Não pense no NÃO, real em você. Pense no SIM e na sua capacidade transformadora. Caso queira dar materialidade ao gesto, escreva a palavra LUZ e coloque-e à frente dos seus olhos, na tela que conecta você. Deixe-a colada aí, de forma permanente!  Ela servirá como um farol, um alerta.   

Você já tem o conhecimento. E TEM, sim, a FORÇA e o PODER, pois você e esses elementos são oriundos da mesma fonte! Só é preciso despir-se da ingenuidade e das justificativas ligadas ao orgulho e à autoproteção. Exerça seu poder! Vigiai! Agora e sempre.

(Recebida em 25/11/2011)

Pai-Nosso Proativo

Habitualmente oro o Pai-Nosso, como uma oração clássica cristã. Não gosto muito de orações pré-estabelecidas, por achar que elas mais me dispersam do que me conectam. Então, é mais habitual que eu eleve meu padrão vibracional, pense em uma imagem, uma sensação e ali me “re-ligo”…Com relação ao Pai-Nosso, sinto-a, sim, como um belo e maravilhoso presente que recebemos, para que possamos ter momentos de conexão com o Divino. Ocorre que, pessoalmente, em minhas divagações, acho que seu texto, pelo menos na tradução ocidental, tem um caráter onde delegamos a Deus o que “Ele” deve fazer por nós: é “Ele” quem precisa não nos “deixar” cair em tentação, por exemplo; quando eu acho que nós é quem deveríamos nos esforçar para, de nossa parte, primeiramente, não cair na tentação. Esforço nosso, com o apoio do Pai, mas PRIMEIRAMENTE esforço nosso. Fico com a sensação de que seria plausível, nesse sentido, uma postura mais ou menos assim: eu estou caminhando lá, para a tentação, meio que “negociando” com Deus, e dizendo: “Olha, cara, tô indo, sou fraco, mas tenho forças pra caminhar em direção ao caminho errado… VOCÊ, aí, me ajuda, porque SE VOCÊ não me ajudar, vou cair”. Risos.

Quem me conhece mais de perto, sabe que meus diálogos internos são assim, estas viagens. Aos que não conhecem, peço perdão pelo susto e ressalto que não há, aqui, nenhuma intenção de crítica de religiosidade ou religião… 
Em função disso, há muito queria redigir um “Pai-Nosso Proativo”.  Hoje, ele nasceu…
Compartilho…***************

Pai-Nosso Proativo

Pai,
cuja força poderosa habita em mim,
teu filho e parte integrada de Ti que anseia pelo crescimento e renovação,
e que aprendi a perceber que estás em todo lugar,
que eu saiba santificar, em meus pensamentos e gestos, o teu nome e a Tua presença.
Que eu me torne artífice construtor e co-operador na edificação de Teu reino de bondade e justiça.
Que minhas vontades se tornem unas com as Tuas e com os Teus propósitos, por coerência e por exercício da verdade. E que isso possa ser feito todos os dias, em qualquer lugar, entre a Terra e os céus e além deles, por toda a minha existência ou até mesmo em outras, se houver.
Que o pão que alimenta a mim e a meus irmãos seja conquistado com meu esforço, sempre com ética, inteira afinidade com Teu amor infinito e que eu jamais me permita trocar a certeza do pão pela incerteza da construção sintonizada com princípios não iluminados.
Que eu seja digno do perdão e que possa, todos os dias, exercitar a força que habita em mim para, um dia, nem mesmo precisar de obter qualquer perdão, já que não mais cometerei faltas, tendo compreendido as Tuas leis, inequívocas e que são, em essência, compreensão e misericórdia. E que eu saiba compartilhar esse aprendizado com todos – até mesmo com aqueles que minha compreensão ainda limitada julga como pessoas que me ofenderam ou que me são devedores.
Que eu tenha forças para optar pelo melhor, sempre. E, assim, todos os dias, não haverá tentação de qualquer espécie, já que o melhor é tudo aquilo que possui Tua essência de amor e pureza.
E que eu construa em torno de mim a impossibilidade de conectar-me com o não-bem, os falsos valores, o feio, a hipocrisia, a inveja, o orgulho, a vaidade, a luxúria, a perversão, a ambição desmedida e o desrespeito às Tuas inspirações.

Que eu faça que assim seja!

(Ney Mourão)

Retiro vivencial com reflexões sobre a FAMÍLIA! Participe!

Nos dias 18,19 e 20 de novembro, a Rede Zenitude realizará um Retiro Vivencial ”, com o tema “Celebrando e Vivenciando a Energia da FAMÍLA”.


A qual família você pertence? Ao ouvir essa pergunta, de imediato, pensamos naquelas pessoas com quem compartilhamos os laços sanguíneos e um sobrenome. Base importante de todas as nossas futuras relações entre outros seres e com o mundo, esta família representa nossa maior referência, em termos de amor e compartilhamento. Pertencemos, ainda, a outras “famílias”, no decorrer da vida: a família da rua e do bairro onde moramos, a família de nossa escola, de nossa cidade, de nosso estado. Posturas e exercícios de cidadão são vivenciados na família da Nação a que pertencemos. Grandes aprendizados existenciais nos envolvem, na imensa família planetária humana.  São estas reflexões que nortearão as atividades no V Retiro Vivencial da Rede Zenitude.

Exposições dialogadas, meditação, técnicas de harmonização corporal e mental, em meio à natureza, já são a marca registrada de nossas atividades.

O Retiro acontecerá no Instituto Renascer da Consciência, lugar de rara beleza e elevada preparação vibratória, em Ravena, distrito de Sabará/MG. O valor para os três dias, incluindo todas as alimentações e hospedagem, é de apenas R$ 200,00. Os interessados em participar devem enviar email para neymourao@neymourao.com.br ou ligar no telefone (31) 3421-8102.

Todos em sintonia pelo Planeta

Neste domingo, dia 23/10/2011, às 11:00 horas da manhã (horário de verão de Brasília), una-se, mais uma vez, aos membros da Rede Zenitude, em uma sintonia vibracional de amor, paz, esperança, harmonia, perdão. Eleve seu pensamento, faça uma oração, entoe um mantra, cante uma canção de conteúdo elevado, conecte-se com o seu anjo pessoal. Pense na cura dos enfermos, conhecidos e desconhecidos. Emane intenções de perdão aos inimigos. Imagine todo a Terra envolta nesta energia pacificadora e salutar. Bastam alguns minutinhos. Muitos, como você, ao redor de todo o Planeta, estarão fazendo o mesmo.

Caso leia essa mensagem após a data, mentalize, mesmo assim. Para a energia do amor, não existem fronteiras de espaço e tempo.

Somos “zenitude”. Somos, unidos no amor, unidade… Sintam que o amor, efetivamente, constrói um mundo novo!

Palestra e vivência gratuitas sobre os desafios da cegueira, no Parque das Mangabeiras/BH. Participe!

Dentre as atividades presenciais da Rede Zenitude, realizamos, em um domingo de cada mês, um “passeio vivencial”. O objetivo é, justamente, além da promoção da saúde, ter um foco de aprendizado, buscando locais onde possamos estar em contato com o aprendizado sobre a preservação ambiental, os ecossistemas, o respeito à natureza e a integração do indivíduo ao entorno socioambiental.  Para nos ajudar nessa tarefa de formação, procuramos, sempre que possível, estabelecer parcerias com indivíduos, organizações e instituições dispostas a colaborar, de forma voluntária, em palestras, oficinas, diálogos ou outras atividades que aconteçam em harmonia com nossos passeios.

No próximo dia 23/10, domingo, visitaremos o Parque das Mangabeiras, um dos mais belos espaços ecológicos da cidade de Belo Horizonte/MG. Teremos, como parceiro palestrante, Mário Alves, que ficou cego aos 12 anos de idade e, enfrentando todas as adversidades, concluiu o 1º e 2º grau, e formou-se em direito na UFMG. Tem vários trabalhos em prol dos deficientes visuais, dentre eles a criação do Postal Braille, serviço dos Correios para transcrever de e para o Braille as correspondências dos deficientes visuais. Mário estará realizando uma palestra, de aproximadamente uma hora, sobre sua abordagem perante os desafios que enfrentou. Estaremos, também, realizando uma vivência, que oportunizará reflexões para a palestra do Mário Alves. Serão, com certeza, dois momentos muito ricos.

A palestra será gratuita e aberta aos demais visitantes do Parque. Contamos com a sua presença!

Data: 23/10, domingo.
Local: Parque das Mangabeiras – Belo Horizonte.
Horário: 8:45 –  Encontro dos membros da Rede na porta do Parque (Portaria principal – Parque das Águas – Bairro Mangabeiras); Vivência e palestra: 9:30, na Sala Multimeios.
– OBSERVAÇÃO: A VIVÊNCIA E PALESTRA, DESTA ATIVIDADE, ACONTECERÃO, MESMO EM CASO DE CHUVA, JÁ QUE SERÃO REALIZADAS EM AMBIENTE FECHADO. Após a palestra, os participantes da Rede farão um passeio pelas dependências do Parque e um piquenique. Caso desejem participar também desta atividade, basta levar um prato sem carne para ser compartilhado com o grupo(em nosso eventos, não consumimos carne, nem mesmo carne “branca” e peixe).
– Mais informações: (31) 3421-8102.

Descarte, de forma consciente

Aparelhos de DVD, microondas, ar condicionado, eletrodomésticos, baterias, pilhas, cartuchos, controles remotos, lâmpadas… O que fazer, quando todas essas coisas já não servem mais para o uso e não têm mais conserto? Colocá-las na lixeira, pura e simplesmente? Nada disso! Esse gesto não tem nada de “zenitude”: polui o meio ambiente, ajuda a comprometer o equilíbrio de ecossistemas, pode trazer danos à saúde do homem e dos demais seres vivos da comunidade planetária.

Pensando nisso, foi criado o E-LIXO MAPS – uma iniciativa do Instituto Sergio Motta em parceria com outras instituições. Trata-se de uma ferramenta de busca, desenvolvida para o mapeamento e cadastramento de postos de coleta e reciclagem de lixo eletrônico em todo Brasil. É um serviço de utilidade pública, que disponibiliza informações sobre os postos de coleta por meio de uma plataforma de fácil utilização. O E-LIXO MAPS auxilia na destinação correta do lixo eletrônico e amplia o nível de conscientização da população.

A utilização do E-LIXO MAPS é muito simples. Basta você inserir o endereço completo da sua residência ou escritório (ou o lugar onde está o lixo eletrônico que será reciclado), o tipo de e-lixo que deseja descartar e clique em “buscar postos de coleta”. Associando as informações à plataforma do Google Maps, com o Banco de Postos, o sistema mostrará as opções disponíveis cadastradas próximas ao endereço pesquisado. O Banco de Postos conta com o cadastramento contínuo de novos estabelecimentos para atender a demanda de necessidade da população.

O que você está esperando? Livrar-se do lixo faz bem para atrair boas energias para a sua casa e o seu embiente de trabalho. Fazer isso com responsabilidade é sinal de respeito ao Planeta, cidadania e senso de co-existência!

Acesse: http://www.e-lixo.org

Convite à sintonia vibracional

Pensemos,  juntos, em brandura, confiança, esperança. Imanemos perdão, tolerância, compreensão, afeto e cuidado. Neste sábado, dia 01/10, às 20:30 horas, pontualmente, horário de Brasília, convidamos a todos que se conectem em uma sintonização em prol dos indivíduos, do Planeta e do Universo.

Com você, pontos luminosos em redor do Globo estarão abraçando a Terra. Orando, meditando, cantando, aquietando a mente e o pensamento. Com você, anjos celestiais serão convocados de todas as esferas do firmamento, para postar-se, com suas espadas resplandecentes ao lado de quem abrir o coração para a luz. Através de você, energias de cura serão enviadas aos enfermos, aos que requerem o consolo, o perdão e a paz. Com você,  por você,  virá do Alto a força para combater o não-bem. Não se envergonhe em suplicar, se necessário, pelo auxílio do qual lá, nas esferas do bem, já se tem ciência. E rejubile-se em gratidão, acima de tudo.

A energia do amor, transformadora, já está com vocês! Que assim seja!

 

Feliz 5772!

Rosh Hashaná ראש השנה  (literalmente, “primeiro do ano”) é o nome dado ao Ano-Novo, no Judaísmo. Você, provavelmente, já ouviu falar ou já ficou curioso sobre a data, que ocorre distante do tradicional 31 de dezembro cristão. Dentro da tradição rabínica, o Rosh Hashaná ocorre no primeiro dia do mês de Tishrei, primeiro mês do ano, no calendário judaico. Este ano, devido a ser um calendário lunar, e não solar, o Ano-Novo, acontece no dia 28 de Setembro, ao por do sol de quarta para quinta-feira, com o toque do shofar (um dos mais antigos instrumentos de sopro, feito de um chifre de animal). A data oferece às pessoas a chance de refletirem, focando em eventuais modificações pessoais, como, por exemplo, um sonho que se quer atingir. O sonho de um mundo melhor, sem maldade, onde se pode viver bem e em harmonia. No fundo, é o que todos nós desejamos, não é mesmo? As pessoas  reúnem-se, para celebrar suas promessas e ponderar suas responsabilidades. Os judeus estão comemorando a chegada do ano 5772.

O primeiro dia do Ano-Novo é também chamado de o aniversário do Mundo, a Coroação da Criação Divina, na qual o A-do-nai E-lo-hei-nu, nos terá dado o calendário lunar.

Os judeus comemoram a data com uma challá redonda, pão trançado, mas que, nesta ocasião, é feito especialmente em forma redonda, simbolizando o circulo anual do calendário, bem como a continuidade e eternidade.

Para celebrar com boas energias, deve-se comer maçã com mel e tâmaras. Tais alimentos, doces, prenunciarão um ano bom para todos. Também o vinho, usado na refeição desta data, é doce, acompanhado de feijão, cabeça de peixe ou peixe com cabeça. À sobremesa, come-se romã.

Nesta data festiva, as pessoas desejam-se um feliz Ano-Novo, dizendo, em hebraico, “Shaná Tová” – literalmente,  “Bom Ano”.

A Rede Zenitude, que abraça, respeita e acolhe todas as crenças, deseja aos praticantes da fé judaica um “Shaná Tová”. E a todos os seres humanos, de qualquer raça ou credo, que cada dia e cada período que se inicia seja sempre tempo de acreditar! Feliz 5772! Felizes últimos meses de 2011! Felizes todos os dias de nossas vidas!

 

Sintonização vibracional pelo amor, esperança, harmonia e perdão…

Neste sábado, dia 17 de setembro, às 13 horas, horário de Brasília, convidamos a todos para uma sintonização vibracional de amorosidade, esperança, harmonia e perdão. Junte-se a diversas pessoas que leem essa mensagem, espalhadas ao redor do mundo, e dedique alguns minutos para unir-se em uma mesma sintonia de cuidado planetário.

Rogue aos céus pelos enfermos, pelos que necessitam de apoio e proteção, pelos que buscam por conforto físico e psicológico. Agradeça pelas dádivas que recebe diariamente. Imagine, em sua mente, todo o Planeta imerso nessa “onda” balsâmica e divina.

Estaremos juntos, com certeza, afastando de nós o mal e as aflições. E, se você estiver lendo esta mensagem após a sintonização, faça isso agora! Para o amor, não existem fronteiras de espaço e tempo! Uma vida renovada a todos!