Celebrando as energias que habitam em nosso planeta

Uma das grandes contribuições da Rede Zenitude para o meu repertório de conhecimentos foi a consciência de que tudo ao nosso redor é energia. Em nosso primeiro retiro, “Celebrando a Energia da Vida”, isso ficou bem claro para mim. A começar por nós, passando pelos objetos de nossa casa, pelo ar que respiramos, pela água, pelas roupas, pelo nosso carro, tudo é energia.

Aprendi também que toda energia pode estar em equilíbrio ou não. Que um desarranjo energético pode comprometer a saúde das plantas, dos animais ou até nosso bem-estar físico e mental. A partir daí, venho tentando, diariamente, buscar contribuir para o equilíbrio energético dos espaços que ocupo, visando não só a minha satisfação mas também à das demais pessoas que habitam este planeta comigo.

Tenho feito descobertas maravilhosas. A energia de um sorriso, a energia de um abraço… Talvez uma das mais surpreendentes para mim foi a descoberta da energia das árvores. Experimente entregar-se em um abraço a uma árvore: que paz! É simplesmente fantástica a sensação pós-abraço a uma árvore. Ah, e a energia do Sol é outra maravilha. Quinze minutos por dia é um excelente remédio contra a depressão.

Atualmente, preparando-me para nosso terceiro retiro, estou descobrindo a energia da música. Cada som, cada estilo, cada instrumento musical traz para nós uma energia diferente. E o mais interessante é que todo esse “conhecimento” já está introjetado em nós. De certa forma, agimos e utilizamos esta energia inconscientemente. Sabe aquele sábado que você resolve dar uma faxina na sua casa e liga o rádio alto? Que tipo de música você vai escolher? Provavelmente, não será uma música relaxante. E quando você está cansado, e resolve deitar-se no sofá para ouvir uma música?

Se você parar para pensar, perceberá que interagimos com a energia da música o tempo todo. Às vezes, de forma inconsciente; em outras, não.

Hoje, pela manhã, experimentei uma sensação fantástica. Normalmente, todos os dias, acordo e recolho-me por algum tempo em um espaço na minha casa, reservado para meditação. Faço isso ao som de uma música calma, serena, própria para meditação. Hoje, resolvi fazer algo diferente. Coloquei músicas dançantes, de baladas. E entreguei-me à energia, dancei, pulei, sorri. Sim, isto mesmo, sozinho! Por que não? Experimente, vale a pena. Compartilhei com os anjos e amigos espirituais que cuidam do espaço reservado para o equilíbrio, uma forma de energia musical que também é revigorante. Sinto que todos que estiveram ali naquele momento saíram renovados, cheios de ânimo e resplandecendo energia boa, assim como eu saí.

A exatamente um mês de completarmos um ano de existência da Rede Zenitude, só tenho a agradecer. Primeiramente a Deus, pela oportunidade. Mas, também, a todos que fazem parte da Rede: aos que comparecem aos eventos presenciais, aos membros da lista de discussão do Yahoogrupos, aos leitores do blog e a todos que entram em contato conosco, durante os momentos de sintonia energética.

Related Posts with Thumbnails

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *