Copa do Mundo de Futebol: Uruguaios decidem doar premiações por jogos

Em meio a notícias de premiações milionárias, cachês estratosféricos e uma indústria que ganha milhões, essa ação merece ser celebrada. Infelizmente, pouco destaque deu-se à iniciativa, preferindo-se colocar sob o brilho dos holofotes outros fatos. Fica o registro. Uma postura que deveria ser copiada!

Uruguaios decidem doar premiações por jogos na Copa

Foto: EFE

O elenco do Uruguai que vai à Copa do Mundo chegou a um acordo com a Associação Uruguaia de Futebol (AUF, na sigla em espanhol) para definir as premiações para os amistosos durante o período pré-Copa e os três jogos da primeira fase do Grupo A, diante de África do Sul, México e França. Segundo o acordo, a equipe receberá US$ 1 mil (cerca de R$ 1,8 mil) por jogo e o valor será doado pelo elenco a entidades beneficentes.

Na partida diante de Israel, disputada no último dia 26 de maio, no Estádio Centenário, em Montevidéu, além da renda doada pelos atletas, a AUF também doou parte do valor arrecadado na bilheteria com o amistoso.

Dos cerca de US$ 120 mil (aproximadamente R$ 221,5 mil) ganhos com a comercialização dos ingressos, 30 mil (R$ 55,6 mil) foram doados.

A média salarial dos jogadores uruguaios – a grande maioria atua fora do país – gira em torno dos US$ 80 mil (R$ 147,6 mil). Por isso, decidiram doar o montante que será ganho com os jogos. Só o atacante Diego Forlán, do Atlético de Madrid, recebe cerca de US$ 420 mil (R$ 775,4 mil) por mês.

Related Posts with Thumbnails

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *