Mais uma noite de distribuição de agasalhos e alimentos

Dizem que uma iniciativa, quando chega à terceira edição, já “passou pelo teste” e tem tudo para continuar dando certo. Sendo assim, podemos ficar mais alegres, pois nossa terceira ação de distribuição de agasalhos, cobertores e alimentos foi deliciosamente enriquecedora para todos.  

O grupo estava mais organizado e harmônico. Estabelecemos um método de divisão de tarefas, que permitiu ao grupo, ao mesmo tempo, estar sempre unido e coeso. Adotamos uma estratégia de maior proximidade com a população de rua, conseguindo o objetivo de estarmos mais próximos, ouvindo com os olhos do corpo e da alma. 

Aprendemos mais. Aprendemos que há múltiplos universos que levam estas pessoas ao turbilhão social das ruas. E, mais embasados por nossas reflexões na rede virtual, aos poucos vamos amadurecendo nossos conhecimentos, em conformidade com a prática que executamos. 

Sempre e sempre é necessário agradecer a você, nosso amigo não “tão tão distante” – parodiando o fictício mundo do personagem verde que tem encantado as crianças pelo mundo. Você, nosso amigo real, que tem possibilitado sairmos do imaginário, do sonho, para a concretização da possibilidade do amor ao próximo. Continue colaborando. Um agasalho que você retira de uma gaveta que não abre há tempos constrói um tempo novo para uma pessoa que está desamparada. Um cobertor, que custa menos que o preço de um lanche, aquece o corpo inteirinho de alguém que perdeu o lar por algum motivo. É com a soma do pouco que estamos multiplicando e obtendo um resultado solidário. Uma mão, unida a várias, pode abraçar toda uma cidade! Milhões de mãos podem abraçar o Planeta! Em apenas três noites, em meio a cobertores, agasalhos, calçados, já ultrapassamos nosso primeiro meio milheiro de peças! Um orgulho bom, que compartilhamos com todos, que são co-construtores da façanha!

Obrigado a todos que têm ajudado. O Universo, com certeza, está atento, disposto a retribuir em bênçãos!

Related Posts with Thumbnails

1 comentário


  1. Meu amigo Ney,
    sinto-me honrada em participar, mesmo de longe, dessa campanha. Quero compartilhar com vc uma história.
    O Núcleo Assistencial Caminhos para Jesus começou assim: distibuição de roupas, alimentos e a deliciosa sopa. Aos poucos foi-se organizando até chegar onde está hoje. Tive a benção de participar desse início. Meus pais (Aracy e Passos), junto ao casal (Célio e Maria) foram os pilares desse sonho.
    A sopa começou tímida até tomar força num pequeno espaço aberto pelo sr. Célio. A cada semana uma turma ficava responsável por ela. E quando era a semana de mamãe eu ficava eufórica. Adorava ir pra lá. Isso já vão uns 40 anos… ontem, rs.
    Suscesso pra vcs. Quero participar dessa sopa. Como? vc me inclui?
    Beijos,
    Sandra

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *