Home // Celebrandos, Depoimentos // Mudanças – Uma história cheia de encantamento

Mudanças – Uma história cheia de encantamento

A terapeuta holística Andréa Binder, após o II Encontro “Celebrando” – A Energia do CUIDADO, realizado em Minas Gerais, no Instituto Renascer da Consciência, nos dias 21 a 23 de maio, brinda-nos com mais um texto repleto de encantamento e poesia, inspirado nos “apelidos” dos membros da Rede Social Zenitude que lá estiveram presentes. Delicie-se com esta narrativa.

 

Vocês já repararam que quase todas as histórias começam assim: “Era uma vez…?”

Pois é, essa vai começar diferente:

Aconteceu em um Reino distante, mas não muito distante…

Todos os moradores desse Reino estavam preocupados com uma doença que estava se propagando por todos os lares. Era uma moléstia que começava silenciosamente e ia se infiltrando em locais inimagináveis.

Para tentar conter essa moléstia, que ninguém sabia nada a respeito, representantes da população resolveram reunir-se junto ao Rei.

Chegando ao Palácio, fizeram-se anunciar. Lá estavam representados o Amor, a Alegria, a Docilidade, a Força, a Retidão, a Renovação, a Normalidade, a Magia, a Centralização, a Grandeza, a Beleza e a Ação.

Juntamente com o Rei, que daria Direção às idéias, formaram o grupo dos 13.

Sentados em volta de uma mesa em forma de Estrela, começaram a reunião, que duraria dias, se necessário fosse, mas a solução deveria ser encontrada.

Começaram buscando os sintomas que essa moléstia causava.

O Amor, como não poderia deixar de ser, de forma bem Amorosa, definiu que os sintomas que havia percebido passavam pela falta de CARINHO.

A Alegria saudou a todos:

Bom dia! O que noto, meus amigos, é que essa moléstia tem causado uma APATIA muito grande em todos os doentes.

A Docilidade, com sua fala Meiga, também concordou com o Amor e com a Alegria, mas ressaltou que faltavam também manifestações de AFETO aos contaminados.

A Força, com a energia de uma Rocha, chegou à conclusão que faltava DETERMINAÇÃO aos infestados.

A Retidão, com sua atitude sempre Reta, concluiu que a ÉTICA não estava presente aos doentes.

A Renovação, ávida por mudanças, com seu espírito Renovador, notou que faltava DESAPEGO aos enfermos.

A Normalidade, sempre buscando superar as diferenças do outro, o considerando-as como algo Normal, desta vez se mostrou bem preocupado. Nada estava tão normal assim. Um sintoma notado por ele foi a INÉRCIA.

A Magia, com sua visão Mágica acerca do ser humano, notou que faltava a ESPERANÇA nesses pobres doentes.

A Centralização, sempre atenta e com o pensamento Centrado, falou que um sintoma percebido era a falta de ATENÇÃO, o que mantinha todos dispersos e voltados para seu próprio umbigo.

A Grandeza, do alto de seu Grande coração, notou que sobrava em todos o ORGULHO.

A Beleza ressaltou que todos estavam infestados de inveja e luxúria, faltando neles a HUMILDADE.

Diante de todos esses sintomas, o Rei concluiu que faltava a essas pobres criaturas a VONTADE.

O que então se faz necessário para acabarmos com o que está causando tanto desequilíbrio, perguntaram todos ao Rei.

– Bom, meus amigos, vamos ver o que cada sintoma causa a si, ao outro e ao ambiente para conseguirmos chegar a um consenso.

– Noto, meu Rei, que esses sintomas aniquilam com a essência do SER, deixando-os como um barco à deriva, visto que suas atitudes passam a ser conduzidas sem o crivo da razão e do amor.

– Bem observado, Renovação. Enquanto esses doentes acreditarem serem onipotentes, dispensando a mão amiga do outro, suas células permanecerão doentes.

– Será que podemos fazer uma fórmula para darmos a todos?

– Minha querida Magia, acredito não haver nenhuma fórmula externa que combata esse vírus ou bactéria. Teríamos que buscar algo que despertasse a cada um, no fundo do seu ser, respondeu o Rei.

Os dias foram se passando e o avanço, mesmo aparentemente ínfimo, tomava forma.

Por fim chegaram a um consenso.

Devemos ensinar a todos os doentes e também aos que ainda se encontrem sadios, como forma preventiva, a arte do CUIDADO. É isso que falta em cada coração. Não existe neles a importância do SER CUIDADOR e nem do estar SENDO CUIDADO. Eles acreditam não precisar do outro e acabam por contaminar àqueles à sua volta. Todos se julgam capazes de viver num mundo próprio onde impera a “autosuficiência”, como se isso fosse possível… pobres ingênuos… Para essa Ação acontecer, cada um deve ser Ligeiro. Não há mais tempo para delongas… Cada um de vocês segue em uma Direção, mas com os objetivos norteados.

Então, podemos concluir que essa doença que a tantos pegou é o EGOÍSMO, recheado de ORGULHO, alicerçado pela VAIDADE?

Seria mais ou menos isso, meus amigos. Nada mais triste do que o HOMEM que se julga melhor do que o outro. Ele se esquece de que a essência divina, presente em todas as criaturas, permeada de amor, não faz de um melhor e nem pior do que o outro. As diferenças que existem passam pelo grau de evolução de cada um. Mas não podemos nos esquecer de que, mesmo cheia de curvas, essas estradas evolutivas levarão TODOS aos braços do PAI. O livre arbítrio nos permite escolher qual estrada devemos seguir. Disso vai depender o tempo gasto para se chegar ao objetivo. Mas todos estamos indo na mesma direção. A misericórdia do PAI nos permite aprender, mesmo que por estradas cheias de obstáculos, a necessidade do AMOR. E só ama quem se interage com o outro, quem CUIDA de si mesmo sem se esquecer de que o outro também merece e necessita SER CUIDADO.

– Vamos espalhar pelo Reino o antídoto contra essa moléstia, falaram em uníssono todos os presentes.

Assim, munidos de uma vontade firme, os 13, depois das lições aprendidas, começaram a colocar em prática os ensinamentos absorvidos, de forma a transformar o mundo em que vivem em um local melhor, mais leve e esperançoso.

Que Deus dê a TODOS a certeza de sua capacidade de TRANSFORMAR O MUNDO COM A ENERGIA DO AMOR!!!

Beijos no coração!!

Andréa Binder

Ana Paula – Amorosa – Amor

Andréa – Adora dar Bom Dia! – Alegria

Carlinhos – Centrado – Centralização

Geraldo – Grande – Grandeza

Luis Cláudio – Ligeiro – Ação

Márcia – Maravilhosa – Beleza

Maura – Mágica – Magia

Monica – Meiga – Docilidade

Ney – Normal – Normalidade

Reginaldo – Renovador – Renovação

Rita – Reta – Retidão

Rodrigo – Rei – Direção

Rosangela – Rocha – Força

Related Posts with Thumbnails

2 Responses to " Mudanças – Uma história cheia de encantamento "

  1. itamara disse:

    Parabens ao autor pelo lindo texto,este foi do fundo da alma.

  2. Ney Mourão disse:

    Pois é, Itamara!

    O Encontro causou em todos nós esse mergulho profundo na alma. E Andréa é, de fato, uma pessoa especial, que sabe expressar esses sentimentos de forma suave, como uma pena voando no ar.

    Obrigado por seu comentário!

Responder