Mudaram as estações

Contribuição: Márcia Leão (*) 

Olá, amigos,

Primeiro quero agradecer à Rosângela pela acolhida em sua casa. Foi tudo maravilhoso.

A respeito da a mensagem recebida nesta ocasião, gostaria de compartilhar com vocês a Árvore com a representação das estações e falar um pouco do porquê ela existe. Quando fomos escolher o nome do Solar das Estações, falaram muito do inverno, de outono, como estações representativas da velhice. Pelo texto aqui mesmo, no blog Zenitude, já dá para entender que não comungo com essa ideia. 

Só consigo ver o idoso como uma pessoa madura que teve o mérito de chegar até a idade atual, tendo acompanhado o crescimento das pessoas em seu entorno, as mudanças do mundo (tecnológicas e sociais), e, também elas, vivendo cada dia um novo ciclo.

Entendo que pessoas vivem os ciclos da vida diariamente, semanalmente, mensalmente, sei lá. Nesta caminhada de volta pra casa, vamos vivendo/contando nossas primaveras, nossos invernos, nossos verões… Isto é estar vivo.

As transformações são inevitáveis. Tanto do corpo quanto da mente e são elas que nos preparam para a grande viagem.  Muitas coisas aconteceram, está tudo diferente, mas estamos indo de volta pra casa. 

Agradeço a Renato Russo, que me inspirou o nome do Solar e, consequentemente a árvore. Agradeço ao Anjo Ariel tanta beleza em sua mensagem.

Um beijo a todos.

(*) Márcia Leão  é assistente social. Proprietária do Solar das Estações Hospedagens Ltda. Fundado em 2002, o Solar atende atualmente a um grupo de onze idosos com necessidades especiais (Alzheimer, Corpúsculos de Levy, Parkinson, sequela de AVC etc), de ambos os sexos, em carater de residência ou casa dia.  A instituição está situada no bairro Sion, em Belo Horizonte/MG, contando com uma equipe especializada de técnicos de enfermagem, fisiotrapeuta, terapeuta ocupacional, nutricionista, psicóloga, educador físico e fonoaudióloga. Atende na perspectiva de residência assistida, usando diversos recursos de abordagem que buscam estimular e facilitar a convivência social destes idosos e seus familiares. Márcia Leão ressalta: as visitas são abertas e sempre bem vindas.

Related Posts with Thumbnails

Autor: Ney Mourão

Ney Mourão é jornalista e educador. Especialista em Educação a Distância. Poeta; autor do livro "Notas Dispersas pelas Paredes" (Editora Autêntica). Interessado em PESSOAS, tem formação em Terapias Holísticas (Reiki, Shiatsu, Reflexologia Podal, Florais de Bach, Aromaterapia). Em seus atendimentos, prefere dizer que acalenta almas para que estejam bem em seus corpos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *