Vem aí o Dia Nacional de Fazer… NADA!

Dia Nacional do NadismoNão se assuste! Além de um ser “em zenitude”, você pode, também, ser um ser que se reserva o direito de fazer… NADA! 

Criado em 2006, em Londres, pelo então estressado designer brasileiro Marcelo Bohrer, o Clube de Nadismo nasceu como uma forma de experimentar não fazer nada e entender os motivos pelos quais é tão difícil parar. Desde então, já foram realizados mais de 20 eventos onde a proposta é não fazer nada. Está na correria? Então pare um minuto para ler…

Praticar nadismo é simples, mas muito raro. Em apenas alguns minutos, completamente à vontade, já dá para ter uma amostra do bem-estar proporcionado pela prática do Nadismo, em que a ideia é ficar parado sem pressa, sem culpa, sem esforço e com alto astral. Empolgou-se? Então relaxe e associe-se ao Clube em www.clubedenadismo.com.br. Assim, você recebe informativos sobre as próximas paradas.

A próxima é no dia 30 de outubro, em Porto Alegre (RS), na Praça do DMAE, às 16h. E, no dia 13 de dezembro, às 18 horas, acontecerá o III DIA NACIONAL DO NADISMO! O momento esperado para você reunir os amigos, deitar na grama e não fazer absolutamente nada!
Veja, abaixo, mais informações sobre essa (i)mobilização nacional!

 

 

 
LOCAIS DE ENCONTRO:
– Porto Alegre / RS: Parque Farroupilha (Redenção), em frente à Av. José Bonifácio, perto dos arcos.
– Belo Horizonte / MG: Praça do Papa, no bairro Mangabeiras. Gramado abaixo do parque de madeira.
– Gôiania / GO: Parque Flamboyant, próximo ao lago do chafariz.
– Boa Vista / RR: Praça Ayrton Senna (excepcionalmente às 17h em função do fuso horário).
– Fortaleza / CE: Praça Verde do Dragão do Mar.
– Ribeirão Preto / SP: Praça Carlos Raya em frente à queda d’água.
– Vitória / ES: Parque Pedra da Cebola.
– São Paulo / SP: Parque Ibirapuera, ao lado do auditório.
– Rio de Janeiro / RJ: Parque da Catacumba, na orla da Lagoa Rodrigo de Freitas.
– Curitiba: Bosque do Papa, atrás do Museu Oscar Niemeyer.
– Florianópolis / SC: Praça da Luz – centro, próximo à Ponte Hercilio Luz.
– Salvador / BA: Praça do Campo Grande.
– Brasília / DF: Parque da Cidade, ao redor da lagoa.
– Belém / PA: Praça da República.

 

– Outras cidades aguardam sugestões dos sócios.

COMO PARTICIPAR:
– Agende-se para o evento e reserve das 18h às 19h para participar.
– Verifique o local de encontro da sua cidade e chegue um pouco antes das 18h.
– Convide os amigos e quem mais você achar que precisa aprender a parar, relaxar e não fazer nada.
– Leve uma toalha ou canga e deite-se confortavelmente.
– Então deixe acontecer, não faça mais nada, apenas observe e aproveite o momento.

COMO FAZER O EVENTO NA SUA CIDADE:
– Escolha um parque ou praça agradável, tranqüila e bonita que tenha um bom espaço gramado. Se tiver áreas com sombra melhor.
– Envie a sua sugestão para
eventos@clubedenadismo.com.br informando a localização exata do local e como chegar e seus dados pessoais e de contato. Envie junto uma foto.

As novas sugestões serão publicadas na agenda do evento no site do Clube.

OBS: Em caso de chuva o evento fica transferido para o dia seguinte às 18:30.

POR QUE UM DIA NACIONAL DO NADISMO?
Primeiro para promover a integração dos quase sete mil sócios de todo Brasil numa prática de nadismo simultânea em todo país.
Segundo para chamar a atenção da sociedade e gerar a reflexão sobre o estilo de vida acelerado e estressante que nesta época do ano fica ainda mais crítico.
Dessa forma, promovemos o bem-viver através da consciência de que também é importante parar e aproveitar sem culpa os momentos de não fazer nada. Em 2008, foram cinco cidades que participaram oficialmente do Dia do Nadismo. Em 2009, houve ainda mais gente participando da i”mobilização”. Agora, em 2010, a proposta é que  o evento cresça ainda mais!

Vamos dar o exemplo e mostrar que uma vida mais saudável e em equilíbrio começa com pequenas atitudes, como se permitir “nadear” numa boa.

Related Posts with Thumbnails

Autor: Ney Mourão

Ney Mourão é jornalista e educador. Especialista em Educação a Distância. Poeta; autor do livro "Notas Dispersas pelas Paredes" (Editora Autêntica). Interessado em PESSOAS, tem formação em Terapias Holísticas (Reiki, Shiatsu, Reflexologia Podal, Florais de Bach, Aromaterapia). Em seus atendimentos, prefere dizer que acalenta almas para que estejam bem em seus corpos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *