No Recife, jovens surdos tornam-se músicos, em projeto cultural

Promover, divulgar e incentivar causas que trabalhem pelo desenvolvimento humano é sempre um prazer, para a família Zenitude. Faz parte de nosso “DNA”! Em meio a tantas notícias negativas, veiculadas pela mídia, cada vez mais ansiosa por oferecer à população sedenta de violência e barbárie imagens que insistem em mostrar um mundo às avessas, é sempre bom divulgar boas notícias. Para um mundo melhor, estar atento à possibilidade de fazer a diferença, em nossa casa, em nossa bairro, em nossa comunidade, é imprescindível. É a soma de ações, a união de elos, que causarão transformações permanentes. Vejam só, essa iniciativa, vinda lá das bandas da linda capital pernambucana!

Uma lição de cidadania ajuda um grupo de jovens surdos que querem se tornar músicos. O projeto “Som da Pele”, que já tem dois anos, leva esperança e felicidade a esses jovens. O professor Irton Silva, responsável pelas aulas, comanda “Os Batuqueiros do Silêncio”, com uma espécie de alfabeto musical visual e com essas combinações, os alunos são capazes de tocar diferentes ritmos da cultura popular. As aulas acontecem na Associação Cultural e Assistencial de Pernambuco, no bairro de Casa Amarela, Recife. Mais informações: (081) 3077-2980.

Assistam a uma matéria, com os educadores e alunos, realizada pelo SBT local:

 

Related Posts with Thumbnails

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *