Organização Médicos Sem Fronteiras estreia exposição em Belo Horizonte

Médicos Sem Fronteiras fazem exposição em Belo Horizonte, em todo o mês de fevereiro

Fotos e vídeos contam a história dos profissionais brasileiros em países atingidos por catástrofes naturais, fome, conflitos armados e epidemias. 

A nova exposição da organização humanitária Médicos Sem Fronteiras estará em cartaz de 3 a 27 de fevereiro no Shopping BH. Esta é a primeira vez que a organização conta as histórias dos profissionais brasileiros que levam ajuda humanitária a lugares remotos, como Paquistão (Ásia) e Suazilândia (África), em situações de catástrofes naturais, fome, conflitos armados e epidemias.  

As histórias apresentadas em fotos, depoimentos e vídeos são divididas de acordo com os eixos de atuação da organização (catástrofes, fome, conflitos e epidemias). Um monitor de 50 polegadas mostra um mapa digital com as fotos dos mais de 40 brasileiros em missão. Ao clicar no rosto do profissional, o visitante fica sabendo onde ele nasceu, em quais países já trabalhou e onde está atuando no momento. Também é possível gravar em vídeo uma mensagem de incentivo para qualquer um deles.

O pediatra mineiro Sérgio Cabral, que no momento está trabalhando na catástrofe da Região Serrana, é um dos profissionais retratados na exposição. Em seu depoimento, ele lembra de uma emergência que tratou no Afeganistão. Ele fez uma traqueostomia (procedimento em que se abre um buraquinho no pescoço e se passa um tubo até o pulmão para que a pessoa possa respirar) em uma criança que não estava conseguindo respirar porque estava com uma inflamação no fundo da garganta. 

“Os riscos eram muito grandes, a criança era muito pequena e não tínhamos todos os recursos necessários, mas era a única opção no momento”, conta.  A cirurgia foi um sucesso e mesmo sem falar o idioma local, Sérgio entendeu o carinho da família. “Toda vez que alguma visita aparecia o pai contava o caso, me apontava e chorava, depois sorria, punha a mão espalmada sobre o coração e com a outra pegava minha mão em forma de agradecimento.” 

Um dos objetivos de MSF ao contar histórias como essa é estimular os profissionais brasileiros a continuar levando cuidados a populações que não têm acesso à assistência médica. “Queremos mostrar a importância da ajuda humanitária e sensibilizar as pessoas a participarem do nosso trabalho. Seja fazendo parte do nosso quadro de profissionais, formado por pessoas de várias áreas, além da saúde, ou contribuindo com doações”, diz o diretor executivo de MSF no Brasil, Tyler Fainstat. 

Antes de Belo Horizonte, a mostra esteve em cartaz no Rio de Janeiro, Brasília e Niterói e contou com mais de 44 mil visitas. Ainda este ano, a exposição seguirá para São Paulo. A exposição anterior ficou em cartaz um ano e três meses e atraiu um público de quase 200 mil pessoas nas dez capitais por onde passou.   

Site – Outras cidades podem conferir o conteúdo da exposição pelo site  http://www.experienciasdevida.org.br. Os internautas também podem gravar seus recados para os profissionais de MSF e participar do concurso dos vídeos. Além de ganhar brindes, os vídeos mais acessados serão exibidos na exposição física. 

Evento: Exposição Experiências de Vida
Local: BH Shopping (piso NL)
Data: 3 a 27 de fevereiro
Visitas monitoradas: terça a sexta, das 14 às 20 horas. Sab. e dom. das 12 às 20 horas.
Entrada: Grátis

 

Related Posts with Thumbnails

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *