Participe de uma corrente permanente, em prol da harmonia e da saúde planetária!

Todas as terças-feiras e domingos, às 22 horas (horário de Brasília), a Rede Zenitude congrega seus membros e outras redes de desenvolvimento humano, meditação, orações e vibrações de todo o Planeta, em prol da harmonia, da esperança, da paz, da alegria, do bem-estar coletivo, da saúde, da positividade.
Faça parte, também, desta corrente. Um elo a mais é sempre maior do que apenas um elo – torna a corrente mais forte, extensa e abrangente. Pense, nestes dias e momentos, em uma luz intensa envolvendo a Terra. Pense em nosso Universo mergulhado em bondade e serenidade. Pense nesta vibração de amor saindo de você, flutuando pelo espaço e sendo utilizada por trabalhadores da luz para a cura de enfermidades físicas, espirituais e emocionais.
Basta apenas um minuto ou dois, se você não tiver muito tempo. Para ajudar a lembrar, coloque um alerta em seu celular ou relógio. Peça a amigos que lhe telefonem – assim, eles também estarão na mesma frequência mental. Reúna outras redes, teias, pessoas. Imagine que, neste instante, outras pessoas, do mundo inteiro, estarão fazendo o mesmo. Elos que se multiplicam. UNIDADE! Amor!
Contamos com você. Espalhe entre todos que você conhece! A energia do amor transforma o mundo!

Oportunidade inclusiva

O Núcleo de Direitos Humanos e Inclusão da Pró-reitoria de Extensão da PUC Minas, em parceira com o Instituto Ester Assumpção, oferece cursos de capacitação profissional para pessoas com deficiências visual, física, intelectual e/ou múltipla ou reabilitadas pelo INSS. A iniciativa faz parte do Programa de Capacitação e Qualificação do Trabalho, que busca estimular as habilidades intelectuais e pessoais, além de integrar os participantes ao mercado de trabalho.

Os cursos oferecidos são: Informática Básica (domínio de teclado, Windows, Writer, Calc e internet), Informática Básica Acessível para Pessoas com Deficiência Visual, Auxiliar Administrativo com Ênfase no Atendimento ao Público, Auxiliar Administrativo com Rotinas Informatizadas, Auxiliar de Jardinagem, Inclusão Digital, Limpeza Institucional, Massagem Terapêutica e Drenagem Linfática, Manutenção de Microcomputador e Pedreiro. As aulas começam em agosto, nas unidades Barreiro, Coração Eucarístico, Contagem, Betim, São Gabriel e Praça da Liberdade, e são direcionados a pessoas com mais de 16 anos.

Energia do Cuidado – sugestão de leitura

Veja, aqui, recomendações de publicações que servem de base para nossos estudos, retiros vivenciais, encontros de formação. Disponibilizaremos, também, materiais utilizados nas nossas atividades, como apresentações, descrições de vivências e dinâmicas de grupo.

Livro – Saber Cuidar – Leonardo Boff – Editora Vozes

 

Com o subtítulo “Ética do Humano – Compaixão pela Terra”, a obra do teólogo, que ficou conhecido no Brasil pela polêmica relação com o Vaticano, após a difusão das ideias da Teologia da Libertação, traz uma dimensão ampla do “cuidado” necessário para uma visão nova dos indivíduos e o Planeta. Para ele, o CUIDADO é mais fundamental do que a razão e a vontade. Defende, então, uma visão pluralista, holística, detalhando o cuidado em suas várias concretizações: cuidado com a Terra, com a sociedade sustentável, com o corpo, com os outros indivíduos, com o espírito, com a grande travessia da morte.

A óptica do cuidado fundamenta, para Boff, em um livro impactante e belo, uma ética nova em todas as relações, atitudes e posturas humanas, compreensível a todos e capaz de inspirar valores fundamentais para a fase planetária da humanidade.

Destacamos algumas frases:
* ” O cuidado não é uma meta a se atingir somente no final da caminhada. É um PRINCÍPIO que acompanha o ser humano em cada passo, em cada momento, ao largo de toda a vida terrenal.”
* “O corpo é aquela porção do Universo que nós animamos, informamos, conscientizamos e personalizamos.”
* “A cordialidade supõe a capacidade de sentir o coração do outro e o coração secreto de todas as coisas. A pessoa cordial ausculta, cola o ouvido à realidade, presta atenção e põe cuidado em todas as coisas.”
* “A ternura vital é sinônimo de cuidado essencial. A ternura é o afeto que devotamos às pessoas e o cuidado que aplicamos às situações essenciais. (…) A ternura irrompe quando o sujeito se descentra de si mesmo, sai na direção do outro, sente o outro como outro, participa de sua existência, deixa-se tocar pela sua história de vida. O outro marca o sujeito. Este demora-se no outro, não pelas sensações que lhe produz, mas por amor, pelo apreço de sua diferença e pela valorização de sua vida e sua luta.”
* “Não TEMOS cuidado. SOMOS cuidado. Isto significa que o cuidado possui uma dimensão ontológica que entra na constituição do ser humano. É um modo-de-ser singular do homem e da mulher. Sem cuidado, deixamos de ser humanos!”

O livro Saber Cuidar foi a base conceitual do II Retiro Vivencial da Rede Zenitude, em maio de 2010, e o “valor CUIDADO”  foi incorporado aos princípios da Rede como o seu principal valor, um sentimento seminal, abrangente de todos os demais valores, já que inclui o amor e todos as outras metas cotidianas a serem conquistadas por seus membros. Recomendamos, como uma leitura transformadora!

Espelhos: é o que são! Espelhem Deus!

Queridos e amados seres-sementes de um amanhã renovado!

Eis que é chegado o tempo em que todos praticarão a máxima que deve reger as mãos, corações e espíritos daqueles que se propuseram ao auxílio de seus irmãos, como terapeutas de almas: curar algumas vezes, aliviar outras, consolar sempre. É uma conhecida máxima da ciência médica, uma máxima que trouxe a este plano uma nova visão das ciências terapêuticas e de seus praticantes. Hoje, nos tempos em que a Terra se prepara para uma ascensão para patamares diferenciados de evolução, saibam que todos serão convocados a serem cuidadores. Reiteramos, mais uma vez, esta convocação, e rogamos para que se preparem,  preparem, seus lares, suas famílias, seus amigos, seus lugares de ofício.

Muitos estão, de fato, sentindo nos próprios corpos as transformações necessárias e estes tempos novos. Não são poucos os que confundem estes sentimentos novos e profundos como angústia, palpitações, incertezas, justamente por estarem experimentando sensações que não podem ser descritas à luz de um mundo antigo. Os seus dicionários ainda não trazem as denominações para muitas das experiências que hoje já compõem o ensaio para um futuro que está batendo à porta.

Rogamos aos irmãos que leiam as literaturas das quais dispõem e que sabem que são ferramentas para o alcance da paz, da harmonia interior e da verdade. Não queremos catalogar ou definir quais são aquelas páginas onde está a verdade absoluta, já que em um tempo baseado no amor pleno a maior verdade é o abraço desqualificado de rótulos de pessoalidades. Cada um é livre e possui, registrado em sua alma, o potencial infinito para o discernimento, libertado de falsos mestres ou juízes externos. O mais imprescindível é que estudem, leiam, busquem a ascensão e o progresso, de forma determinada e deliberada. Não falamos, aqui, de um progresso que destrói, de um desenvolvimento que exclui ou de uma valorização material que não abraça o humanismo e a solidariedade. Falamos do progresso das almas, do crescimento dos Espíritos, que só ocorre com o esforço de cada um, o desejo de chegar à Fonte.

Aos que têm dirigido aos planos superiores o anseio pela cura, lembrem-se que, voltando à máxima que citamos nessa mensagem, importa mais o consolo dos Espíritos que a cura dos corpos. É a paz espiritual que devem almejar, já que o que hoje veem transitando pelos planos materiais é passageiro, tênue, e pode se apagar como o sopro de uma chama, se comparado à eternidade evolutiva daqueles que se esforçarem e crerem no auxílio que virá.

Leiam os livros cristãos, leiam os sagrados livros antigos, leiam os proféticos ensinamentos de eras remotas, leiam as bondosas páginas dos irmãos celestiais canalizadas por outros dedicados e humildes servos neste plano. Dediquem-se, de corpo e alma àqueles que tratam do amor incondicional, da paz entre os seres, da harmonia planetária. Neles, com certeza, encontrarão as fórmulas e orientações para o alcance do caminho da verdade, do equilíbrio, da fé removedora de obstáculos.

A saúde é como um espelho, queridas sementes. Um corpo enfermo reflete os males provenientes do desequilíbrio de outros corpos sutis. Porém, nunca refletirá a verdadeira essência da alma – esta rebrilha em saúde plena, perfeição e eterna conexão com a Fonte. Um corpo enfermo ou um ser que demonstra imperfeições morais pode estar, momentaneamente,  comprometido com forças desestruturantes, em sintonia com anseios pelo desequilíbrio planetário. Mas, reiteramos, este é um momento, pequeno, curto, comparado com a gama de possibilidades, representada pelo amanhã que virá. Cuidem, no entanto, para que também não entrem em sintonia indesejáveis, pois habitam um plano dual, justamente para exercitarem sua fé e sua liberdade para fazer escolhas. Isto já foi dito, muitas vezes, mas é necessário lembrar.

É preciso, mais uma vez, a atenção e a vigilância. A leitura edificante auxilia os cérebros, conturbados e muitas vezes indisciplinados, a conectarem-se com a Fonte de Luz, com o Divino, com os Mestres. Mantenham, junto com vocês, sempre ao alcance da mão, fontes de boas leituras. Mesmo onde pareça, em primeira visão, um local inadequado ou mesmo inusitado. Pequenas frases são suficientes para mentalizações fortes, em harmonia com a luz. Ouçam boas músicas e procurem, em momentos de turbulência mental e psíquica, não exercitarem seus olhos, ouvidos e mentes com a vibração ansiosa de ambientes erráticos. Muitos dos que leem essas palavras já estudaram essas orientações. Rogamos, mais uma vez, que as pratiquem, para o bem de si mesmos, e para que possam ser auxiliados em suas trajetórias e amparados de uma forma mais intensa, em seu clamor pela saúde integral.

Tragam ao reflexo dos seus espelhos externos o que há de mais belo, em suas almas. Esbanjem sorrisos aos que os cercam. Vocês não imaginam a vibração e a potencialidade de um sorriso e o que ele é capaz de promover em uma ferida nos corpos sutis. Um sorriso, caras sementes, pode valer mais do que uma pílula, em muitos momentos. Pratiquem mais a celebração, a alegria e, principalmente, o cuidado com os irmãos vivos que os cercam, com os ambientes e com aquilo que consomem, ouvem, veem e ingerem. Não deixem que estas ferramentas que conduzem à saúde sejam esquecidas.  Busquem, na leitura positiva, o conhecimento necessário para ativar e reativar esse círculo positivo e contínuo, até que tudo isso se torne hábito.

Mais uma vez, rogamos para que também vejam no outro aquilo que gostariam que fizessem com vocês: amparo, cura, alívio e consolo. Os céus estão potencializando seus olhos, para verem, e seus ouvidos, para ouvirem os clamores de ajuda. Porque não potencializariam seus corações e mãos, como instrumentos de ajuda? Porque insistem em duvidar? A dúvida é uma forte semente para a conexão com o lado mais escuro e errático. Amparem-se, na certeza, individual e coletiva. Mãos dadas chegam com mais firmeza ao fim da jornada.

Olhem-se, hoje, no espelho, e vejam LUZ! Não a luz da prepotência, da vaidade e do orgulho, vícios que deverão cuidar e buscar o devido afastamento – e que, sugerimos, sejam estudados e compreendidos, em seus retiros e meditações. Mas a luz da fé, da bondade, da saúde, da benevolência, da razão que não sobrepuja o amor, da caridade, da justiça. Coloquem as dores e as cicatrizes não curadas nas mãos do Altíssimo. Ele enviará para o seu lado, senão o que julgam como cura, o alívio e o conforto. Espelhos: é o que são. Espelhem Deus! E fiquem com Ele, terna e eternamente!

Ana Justina Neri, 23 de abril de 2012.

Convite para sintonização energética especial

A Terra, unida a uma dimensão de amor e pacifismo pleno, através de uma grande ponte luminosa: esta é a imagem que convidamos a todos os nossos visitantes, em movimento individual ou que estejam associados a outras redes vibratórias e de orações por todo o Planeta, para um elo de sintonização e vibrações, nesta sexta-feira, dia 27 de abril, exatamente ao meio-dia (horário oficial de Brasília). Pensem nesta grande “ponte” sendo resguardada por verdadeiros escudeiros – anjos, mensageiros das esferas celestiais, guardiões com espadas de luzes ou quaisquer outras imagens de poder e arrebatamento nas quais creiam. Será um momento importante de união entre a Terra e energias amorosas, pacificadoras e curadoras.  
Não importa a sua crença religiosa. Trata-se de um movimento humano, em sintonia com o Divino, com a Fonte, com os Mestres, com Jesus, com todos os bons protetores e orientadores que desejam que nossa Terra evolua e caminhe, com a nossa ação pró-ativa, em prol de um movimento transformador. Mesmo a ciência racional e objetiva já demonstrou a importância e o poder da fé, da oração e da união de pensamentos positivos em prol de uma causa.
Reiteramos a importância da imagem da ponte de luz, dos escudeiros protetores e de seus queridos Mestres, resguardando o poder da chegada de um tempo novo! Juntos, seremos apenas UM, com o poder da crença no amor! 

Cultivar bons pensamentos e estar sempre disposto ao auxílio mútuo

Amadas sementes,

Aquilo que mentalizamos é aquilo que somos e é aquilo que contruímos. Pois o pensamento não é nada menos que FORMA. Ele é a materialização, ainda não totalmente compreendida pelo homem, do que está manifesto no Espírito.

Assim, tornar a mente um jardim de bons pensamentos não é tarefa fácil, mas é desafio que deve ser empreendido todos os dias. Assim como o cultivo de um jardim exige cuidados especiais, que vão desde o regar com bom senso – nem demais nem a menos; escolher os espécimes que serão salutares quando juntos; saber que tipo de luz incide sobre o local; escolher a época certa para plantio; podar sem ferir; assim também o cultivo de bom pensamentos exige técnica, prática e, acima de tudo, dedicação.

Têm chegado até a Espiritualidade, provenientes de membros dessa tão querida Rede, formas-pensamento que só fazem arraigar sementes perniciosas nos corpos, nos lares e nos entornos daqueles que os emanam. Mais grave, ainda, quando essas sementes começam a germinar, sob o auxílio de forças externas, sempre atentas para trazer o desconforto, a desesperança, a desconfiança nos elos – características que muitos já haviam aprendido a vencer.

As forças que pretendem dificultar o caminho até a Fonte de Luz e Bondade são incansáveis. E a elas é permitida a existência e o exercício, em um mundo dual, justamente para que cada ser possa também exercitar sua livre-vontade de caminhar com as próprias pernas até a Fonte original. No entanto, nós, que acompanhamos com carinho cada um dos que hoje são parte dessa Rede, temos a certeza de que o desejo genuíno de caminhar pela trilha da Verdade, que conduz à plena Saúde, é forte e efetivo.

Eis a forma-pensamento ideal: tudo posso, nAquele que me fortalece. Assim, terão a certeza de que SÃO efetivamente PODER, já que são parte do Poder Infinito e Misericordioso. Por que a dúvida, neste trecho do caminho, depois de tantas trilhas vencidas? Por que duvidar, se tantas provas já foram enviadas, a muitos em particular, e ao coletivo que habita essa senda? Vivemos um tempo em que provas materializadas já não são necessárias para que os olhares dos homens percebam os milagres. Vocês são o milagre, irmãos! SABEM disso!

Mantenham-se vigilantes, pois a queda na vigilância pode abrir campos magnéticos que comprometem a fé. Então, eis o círculo vicioso e ruim, que conduz, literalmente, a vícios, enfermidades e desequilíbrios. Boas leituras, ações edificantes conduzem a bons vínculos, de forma natural e espontânea. É bem compreensível, então, que o magnetismo inverso aconteça: vínculos agregados por formas-pensamento poluídas ou poluentes são trilhas certeiras para hábitos afins a essa energia.

Espalhem flores em seus lares e em seus espíritos. Vibrem na frequência dos anjos e dos céus. Estejam atentos, de forma firme, nesse momento, aos avisos – sutis ou não – dos que pedem socorro, de uma forma ou de outra. Nem sempre os que estão feridos no campo de batalha apresentam ferimentos expostos. Há dores que estão guardadas, mas os terapeutas das almas devem saber ler os indicadores dessa dor, para trazer o lenitivo. Nem sempre o enfermo tem forças para pedir auxílio, mas aquele que tem o coração aberto sabe auscultar o outro coração que clama por auxílio. Saibam ouvir os avisos e, acima de tudo, ao ouvir, coloquem-se a caminho, para amparar. Se lhes foi permitido ouvir o apelo, é porque a vocês, naquele momento, foi dada a força para o amparo.

Sabemos que muitos podem, ao ouvir esse apelo, acreditar que não possuem força suficiente para a intervenção necessária, quando preciso. Mas saibam que todo ser que habita esta Terra tem a capacidade de ajudar. Todos que aqui estão receberam o arsenal necessário para o enfrentamento dos desafios em prol do outro. Basta relembrar que são parte de uma Fonte inesgotável de Poder, Bondade, Justiça, Perdão, Luz, Amor, Caridade, Esperança, Alegria, Compreensão, Tolerância. Eis a argamassa que compõe os Espíritos e toda a forma de vida aqui existente. Eis o curativo mais poderoso já criado e que nenhuma ciência ainda foi capaz de formatar. E, lembrem-se, também: o grito de socorro pode vir apenas uma única vez, para quem está no lugar certo e na hora certa para ouvir. Vocês, quando escolheram evoluir, escolheram, também, serem trabalhadores da luz, sementes celestiais a serem germinadas pela dedicação e doação.

Se alguém de vocês perceber que em um dado momento não dispõe de instrumentos ou forças para a cura do irmão, faça como o Mestre, um dia ensinou: peça a outro, que vá ao encontro do irmão, em seu nome. Tenha a certeza de que você terá levado consigo, através do outro, parte de si mesmo e, mais importante, parte da centelha lenitiva da Fonte, já que importou-se, preocupou-se, tornou-se, por um momento, mesmo que a distância, um terapeuta. Eis o significado de “REDE”.

Experimentem, de mãos dadas, em um círculo, em silêncio, com os olhos bem fechados e em silêncio, transmitir, através das mãos, uma energia, um pulso àquele que está ao seu lado. Sem a necessidade de palavras, este pulso percorrerá toda a esfera, estabelecendo um diâmetro de sensibilidade e organicidade. Assim é o Planeta que habitam. Uma morada de elos. Redes, por toda a Terra, estão descobrindo esse poder e exercitando-o. Mas, repetimos, todo esse Poder pode, sim, esvair-se, se não houver a vigilância e, acima de tudo, a VONTADE daqueles que integram os círculos de se conectarem com a Fonte Divina.

Estamos presentes, sempre, ao lado dos que acreditam – e também dos que estão, momentaneamente, com a fé abalada. Estamos presentes ao lado dos que estão com o pensamento cultivado pela certeza do elo com a Fonte Infinita de Bondade – e também com os que, por qualquer motivo, vacilam e procuram o falso alívio oferecido pelo lado não-bom que compõe o dual desse momento de transição. Mas reiteramos: exercitem o Poder, com humildade e disposição para caminhar! Auxiliem-se, mesmo que precisem de esforços gigantescos para vencer o orgulho. Não tenham dúvida de que os testes serão cada vez mais vigorosos. Mas o resultado de toda prova é sempre um patamar a mais na escala de uma jornada. Creiam em vocês, como estamos crendo.

Fiquem em Paz, na Paz que está em cada um. Fiquem em Paz, na Paz que está no outro. Fiquem em Paz, espalhem a Paz e não permitam que ela arrefeça em seus corações. Fiquem em Paz e permitam que a Paz que há no outro possa ser cultivada e até mesmo ressuscitada, se necessário for. Todo medicamento que têm demandado já está à disposição, ao alcance de seus corações. Mesmo a partida para um outro plano não é o fim – tudo é recomeço, começo, caminhada.

Aos que compreenderam, em particular, algumas dessas linhas, como a si dirigidas em especial, rogamos que, nos próximos dias, estejam ainda atentos a orientações, intuições e palavras que virão das mais diversas fontes, oportunizadas e permitidas para este fim.

Saúde plena. Amor infinito…

Ana Justina Neri

Dia Mundial da Boa Ação: praticar o bem é ZEN!

No dia 26 de abril, celebra-se o Dia Mundial da Boa Ação. A data, que acontece sempre na última quinta-feira do mês de abril, foi criada na Austrália, em 2007. Hoje, ela já se espalhou pelo mundo e o Brasil é um dos países que mais tem tido iniciativas de boas ações.

Um dos movimentos de grande destaque no país em prol da solidariedade é A Corrente do Bem. Desde o ano passado, a iniciativa ajuda os brasileiros a passarem o bem para frente e a festejarem a data com ações de caridade.

Para disseminar o bem, a corrente propõe que, a medida em que uma pessoa recebe uma boa ação, ela seja solidária com três novas pessoas e, assim, sucessivamente. Metmaticamente, se em uma semana uma pessoa fizer o bem a três pessoas, em 21 semanas um bilhão de boas ações serão realizadas no mundo!

O site “A Corrente do Bem”, difundidor da ideia no mundo, possui um “Mapa do Bem“, onde as pessoas podem destacar ações feitas ou recebidas, “acendendo” pontos luminosos de bem por todo o Globo terrestre.

A Rede Zenitude convida a todos para aderirem à ideia. E, também, a passar por aqui e contar como foi a experiência – o que sentiu, como realizou a boa ação, na prática. Seja mais um elo nessa corrente transformadora. Fazer o bem faz bem! Generosidade e amor transformam o mundo!

Uma receita de tempero natural, saboroso e saudável

Uma receita de tempero caseiro natural e saudável, utilizando ervas.

Muitas pessoas usam ervas em chás ou remédios naturais. No entanto, não é mais comum, com a crescente onda industrializante, usá-las na preparação de temperos. E diversas plantinhas, bem conhecidas do brasileiro, tornam os alimentos mais saudáveis, saborosos e com aquele cheiro irrsistível de comidinha caseira. Tudo isso, é claro,  muito mais benéfico para a saúde do que os produtos industrializados.   Um recomendação dos especialistas em saúde é tentar reduzir ao máximo  a quantidade de sal utilizada na hora de temperar os alimentos. Juntamente com a farinha branca e o açúcar branco, ele tem sido considerado um dos grandes males da nossa alimentação. Abuse do alho, cebola, pimenta e outras ervas capazes de destacar o sabor dos pratos. Lembre-se de que devemos ingerir no máximo 6g de sal todos os dias – cerca de 6 colheres rasas de café.   Experimente esse tempero natural e saudável, repleto de ervas, ideal para utilizar em carnes, legumes, feijão, massas e outros alimentos. A maioria delas você encontra facilmente nos supermercados, sacolões e hortifrutis. Em caso de dificuldade com alguma, vale dar aquela visita ao mercado central de sua cidade – outra experiência que faz bem todos os sentidos. Cheiros, cores, sons, texturas são sempre abundantes, nestes locais.  

Receita de Tempero Caseiro
Ingredientes 
•1 xícara (chá) de manjericão picado
•1 xícara (chá) de hortelã picada
•1 xícara (chá) de manjerona picada
•1 xícara (chá) de salsinha picada
•1 xícara (chá) de cebolinha picada
•1 galho pequeno de alecrim
•3 folhas de sálvia
•4 cebolas médias
•1/2 quilo de alho descascado
•1 colher (sopa) de orégano
•2 colheres (sopa) de azeite

Preparo
Descasque as cebolas e corte-as em quatro partes. Junte as cebolas, o alho e azeite. Bata no liquidificador até obter uma pasta cremosa. Acrescente os demais ingredientes e bata mais uma vez, até que estejam bem triturados. Despeje em um pote limpo com tampa e guarde na geladeira.

Algumas Dicas
Como você deve ter observado, o tempero não leva sal. Caso seja necessário, inclua um pouquinho de sal na hora do preparo, levando em consideração as recomendações de consumo do produto.

Outra dica importante é lavar bem todas as folhas antes de preparar o tempero. Se não gostar do sabor de algumas delas, substitua por outra da receita, dobrando a quantidade. O ideal é utilizar as folhas frescas, mas se não as tiver em mãos, é possível recorrer às ervas secas.

Novo gibi quer estimular inclusão social da criança cadeirante

Crianças cadeirantes podem ter vida normal? A resposta é sim. E é isto que mostrará as histórias do recém-lançado gibi, Turma do Lukas – uma iniciativa do projeto “Uma Mãe Especial”, do casal Antonia e Fábio Yamashita,  e publicado pela editora Nilobook.

Antônia e Fábio são pais de Lucas, de 11 anos, que tem paralisia cerebral, e de Victor, de 6 anos. Desde o nascimento do primogênito – uma criança alegre, que frequenta a escola e cresce com toda a atenção e cuidados que merece –  se dedicam a divulgar, por meio de livros e palestras, que crianças deficientes podem – e devem – ser inseridas no convívio social.

Coube à Antonia, que é pedagoga, roteirizar o gibi, cujo objetivo é levar a crianças de até dez anos conhecimento sobre outras que usam cadeiras de rodas. “Alguns adultos, por falta de conhecimento, têm preconceito em relação a crianças cadeirantes. E esse preconceito, muitas vezes, acaba passando para as crianças. Por isso, queremos que elas saibam que, mesmo estando numa cadeira de rodas, as crianças são iguais”, afirma.

O gibi, editado pela Nilobook, tem periodicidade trimestral. Trará histórias divertidas, leves e lúdicas que mostram a criança cadeirante inserida no universo infantil de maneira natural. Com isso, busca também a identificação das crianças que usam cadeiras de rodas, que não são muito retratadas na ficção, com os personagens do gibi. “A ideia é estimular o contato e o convívio entre as crianças para que todos se acostumem à cadeira de rodas”, finaliza a pedagoga.

Sobre a Mãe Especial   A iniciativa de Antônia e Fábio Yamashita surgiu a partir da experiência de maternidade de Antônia. Aos 18 anos, ela deu à luz a Lucas, que nasceu prematuro extremo, com apenas 28 semanas e 880 gramas. O bebê sofreu com anoxia, hemorragia cerebral grau IV, hidrocefalia e meningite bacteriana. Após 3 meses de vida na UTI neonatal recebeu alta, mas o resultado dos problemas foi uma paralisia cerebral.

Antônia relatou a experiência dos cinco primeiros anos de vida de Lucas no livro “A trajetória de uma mãe especial” (editora Nilobook). Em 126 páginas, a obra reúne informações e oferece esperança e entusiasmo àqueles que estão passando pela mesma experiência de Antônia e Lucas. No livro, ela fala com naturalidade e emoção sobre os desafios da deficiência que atinge mais de 24 milhões de pessoas no Brasil.

Depois de lançar o livro, Antônia começou a levar e compartilhar suas experiências com outros educadores, mães e pais. Hoje, Antônia é pedagoga, palestrante, escritora e mãe, como gosta de frisar. Tem dois filhos: Lucas, 10 anos, e Victor, 6 anos.

Além do livro e do gibi, o “Mãe Especial” também lançou uma apostila de alfabetização para crianças com deficiência. O site www.umamaeespecial.com traz as experiências e a história de vida de Antônia e os desafios e as alegrias diárias de Lucas. Com suas palestras, passou por diversos estados brasileiros, levando suas experiências e trocando informações sobre a deficiência. O que Antônia e Fábio pretendem com o projeto é mostrar que a convivência natural e sem preconceito entre pessoas com e sem deficiência é possível. “Como se fossem totalmente iguais e ao mesmo tempo conscientes de que somos todos diferentes”, diz Antônia.

Evento em Belo Horizonte/MG debate a sustentabilidade do Planeta!

Uma iniciativa que merece a atenção e a participação de todos!

O SUSTENTAR 2012 – Fórum Internacional pelo Desenvolvimento Sustentável é uma excelente oportunidade para promover um debate amplo de importantes questões socioambientais do planeta, do país e da comunidade.   O evento conta com a participação de renomados especialistas, executivos, lideranças e autoridades nacionais e internacionais em desenvolvimento sustentável, gerando exposição de soluções para os desafios que a questão da sustentabilidade traz para governo, empresas e sociedade civil.   O tema da quinta edição do SUSTENTAR 2012 será “A Nova Economia: a Transformação da Sociedade, das empresas e das pessoas“, assim como suas respectivas abordagens sociais, econômicas, ambientais e culturais.   Sediado em Belo Horizonte há 05 anos, desde a sua primeira edição, é considerado um dos mais representativos eventos sobre sustentabilidade do Brasil.   A QUEM SE DESTINA   Conhecimento, informação, emoção, atualização, debates, discussões, participação, intercâmbio. O SUSTENTAR 2012 é o momento oportuno para gestores de responsabilidade socioambiental de empresas, governo, acadêmicos, mídia, todo cidadão, pessoas físicas e jurídicas, discutirem ideias, atitudes e soluções que contribuam para promover a construção de um mundo melhor, com responsabilidade ambiental, social, econômica e cultural.

Para informações e inscrições, entre no site oficial: www.sustentar.net

Sintonização energética amanhã

Neste domingo, dia 15 de abril, ao meio-dia (hora exata e oficial de Brasília), una-se à Rede Zenitude, em vibrações positivas pelo Planeta e por todos os seus habitantes vivos – pessoas, plantas e animais.

Membros da Rede estarão participando de um Passeio Energético, em um Parque de Belo Horizonte, capital mineira. Porém, membros individuais e outras Redes de todo o mundo estarão unidas e sintonizadas em um só pensamento.

Participe conosco, reservando um minuto de seu tempo, esteja onde estiver. Pense em um mundo sem injustiças ou desigualdades, pense em perdão e harmonia. Pense em saúde integral. Visualize o planeta em paz e amor, sendo envolvido por energias benéficas com cores vibrantes, tais como o branco, o dourado e o violeta. Pense no planeta sendo inundado por uma chuva suave de bênçãos que ajude os seres humanos a serem purificados dos seus vícios e infortúnios. Pense em nações unidas e trabalhando pelo bem comum. E, acima de tudo, agradeçam, pelas conquistas individuais e coletivas já alcançadas, pelo milagre da vida e pela oportunidade de estarmos, juntos, nesse momento de transformações planetárias.

Assim como você, outras pessoas estarão unidas, em um elo de positividade, esperança e fé.